segunda-feira, 5 de março de 2012

Saudades.

Saudades do tempo em que eu pensava somente em qual brincadeira eu ia fazer no dia.
Saudades do tempo em que a hora demorava a passar, e um mês já parecia um ano.
Saudades do tempo em que meu pai e minha mãe me pegavam no colo, me faziam carinho, me tratavam como bebê.
Saudades do tempo em que eu só pensava na escola porque queria aprender o 1+1.
Saudades do tempo em que minhas atitudes não eram questionadas.
Saudades do tempo em que eu surpreendia os adultos em uma conversa, falando como um deles e agindo também.
Saudades do tempo em que eu levava exporro da minha mãe e do meu pai por fazer bagunça.
Saudades daquela época, em que eu podia olhar pro mundo e ver toda a beleza dele.
Sinto saudades, mas sei que vou poder curtir esse tempo outra vez. Um dia serei pai, e verei meus filhos fazendo tudo o que um dia eu fiz, e voltarei a ser criança só pra brincar com ele, e fazer com que ele veja o sorriso de felicidade em te-lo comigo a todo momento, do mesmo jeito que meus pais faziam comigo.

- Lucas Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário